CAC, KPI, SEM, ROI…se você trabalha com ou tem interesse em marketing digital, com certeza já se deparou com diversas siglas como essas, que fazem parte deste universo cada vez mais em expansão. O problema é que, muitas vezes, esses termos geram dúvidas e são difíceis de entender em um primeiro momento, até porque, muitas vezes são originados na língua inglesa. Mas isso não é problema! Pelo menos depois de ler este artigo.

Para ajudar você, fizemos uma lista com 16 siglas muito presentes no mercado de marketing digital que você precisa conhecer e, mais do que isso: saber utilizar da maneira correta para ter sucesso em sua estratégia. Vamos lá?

API

Hoje em dia, as ferramentas que acessamos precisam estar cada vez mais conectadas e as API’s nos ajudam justamente nesta questão. De origem na língua inglesa, API é a abreviação de Application Programming Interface, ou Interface de Programação de Aplicações, em português, e é utilizada para possibilitar a interação entre sistemas. Um exemplo de sua utilização é com a ferramenta de automação RD Station, muito presente na rotina de profissionais de marketing digital, que pode ser integrada com sites e outros softwares por meio da API.

Siglas do marketing digital - imagem para representar a sigla APICAC

Além de planejar boas estratégias para adquirir novos clientes, é preciso saber quanto está sendo investido para isso, não é mesmo? A sigla CAC significa Custo de Aquisição por Cliente e é uma métrica muito utilizada -e necessária- para que as empresas saibam quanto estão investindo para conquistar novos clientes e usem seu resultado como guia para definir seu orçamento e as ações de marketing. Para calculá-lo é fácil: basta dividir a soma de todos os investimentos despendidos para conquistar um novo cliente pelo número de clientes adquiridos em um determinado período.

CPC

Essa sigla significa Custo por Clique e é muito presente na rotina de profissionais de marketing digital que trabalham com anúncios pagos, como Google Adwords e Facebook Ads. CPC é uma das formas de cobrança de anúncios, em que paga-se pelo número de  visitantes que vão do site em que o anúncio foi feito para o site do anunciante. Para calculá-lo, basta dividir o total gasto pelo número de cliques recebidos pelo anúncio. 

CPA

CPA é a abreviação de Custo por Aquisição e é uma forma de cobrança como o CPC, porém calculada em relação às conversões realizadas, e não aos cliques. Para explicar uma aquisição: se o objetivo da sua campanha é gerar download de e-books, por exemplo, então cada novo download representará uma aquisição.

Esta é uma opção de anúncio mais cara e indicada para quem já tem grandes lucros. Quer calculá-lo? Basta dividir o total investido pelo número de conversões.

CPM

Ainda sobre custo de anúncios, temos uma terceira sigla: o CPM. Este termo significa Custo por Mil e diz respeito à quantia paga por cada mil impressões (o número de vezes que determinado anúncio foi exibido ao público na internet). Este número é calculado pelo custo do anúncio dividido pelo número total de impressões e multiplicado por 1000. Para entender mais sobre esta métrica, clique aqui.

CRM

Gerir o relacionamento com o cliente é necessário para qualquer negócio e, para isso, nada melhor que uma ferramenta de CRM. Esta sigla é a abreviação de Customer Relationship Management ou Gerenciamento de Relacionamento com o Cliente, em português. Uma ferramenta de CRM ajuda uma empresa a armazenar informações de seus clientes e leads de uma forma mais fácil e organizada. Com ele, é possível descrever cada interação entre a empresa e o cliente, fazendo com que o fluxo e atividades sejam compartilhados mais facilmente com a equipe e a rotina dos profissionais seja otimizada. Em marketing digital, alguns dos CRM’s que você pode utilizar são RD Station, Hubspot, Pipedrive e GDigital. Aprofunde-se mais no assunto acessando este post.

CRO

A taxa de conversão da sua página está baixa? Então você precisa conhecer o CRO! Conversion Rate Optimization ou Otimização de Taxas de Conversão, como o próprio nome sugere, é um conjunto de técnicas que visam aumentar as taxas de conversão de uma página e é fundamental que profissionais de marketing digital compreendam estas ferramentas e as utilizem para tornarem seu trabalho ainda mais relevante ao negócio. Quer saber mais sobre o assunto e elevar de vez as suas conversões? Confira aqui um artigo que fizemos especialmente sobre o tema.

CSS

CSS é a abreviação de Cascading Style Sheets, ou Folhas em Estilo Cascata, em português. Basicamente, a maior vantagem da linguagem CSS é separar o conteúdo da representação visual do site. Com ela, é possível alterar a cor do texto e do fundo, fonte e espaçamento entre parágrafos dos textos, por exemplo. Ou seja, enquanto HTML é a linguagem utilizada para estruturar todo o conteúdo do seu site, CSS é a linguagem que auxilia seu design. E nós sabemos o quanto o design é importante, né? Invista no visual da sua página com ajuda do CSS!

CTA

Se você trabalha com marketing digital, com certeza já ouviu essa sigla em algum momento. Call to Action ou Chamada para a Ação são, geralmente, links ou funções de uma página que levam o usuário a dar um próximo passo, como baixar um material, realizar uma inscrição ou solicitar um atendimento. O CTA é uma das ferramentas mais essenciais do marketing digital, já que a partir dele são realizadas as conversões, levando usuários para a próxima jornada do funil de marketing. Confira este post com mais informações sobre CTA e algumas dicas para não errar na sua chamada!

CTR

CTR é uma das métricas mais relevantes para serem analisadas, pois demonstra o número de cliques em relação ao número de visualizações de um anúncio. CTR é a abreviação do termo Click Through Rate, da língua inglesa, que em português significa Taxa de Cliques. Esse dado é fundamental para que o profissional de marketing digital entenda qual tipo de conteúdo é mais eficaz e, assim, melhore cada vez mais sua estratégia. Acesse este link para entender mais sobre sua importância e aprender a utilizá-lo da melhor forma.  

KPI

Key Performance Indicator, ou KPI, é o Indicador-Chave de Desempenho, utilizado para medir o desempenho dos processos de um projeto e, assim, guiar a equipe para o alcance dos objetivos. Existem diversos indicadores a serem medidos, mas é importante que os responsáveis pelo projeto determinem quais são os principais, para que não se percam em muitas informações e acabem travando o desenvolvimento do processo. No marketing digital, alguns dos KPI’s mais comuns podem ser a taxa de abertura de e-mail marketing, a taxa de conversão, os conteúdos mais lidos, o índice de rejeição, entre outros. Clique aqui para aprofundar-se no assunto e usar os indicadores ao seu favor.

Siglas do marketing digital - Key Performance Indicator (KPI)

LP

Landing Pages, também conhecidas como Páginas de Aterrissagem ou Páginas de Conversão são, de modo abrangente, todas as páginas que um usuário poderia acessar para entrar em um site, mas, para o marketing digital, elas são mais do que isso. Nesta área, landing pages são mecanismos muito utilizados em estratégias para atrair o público com o objetivo de realizar conversões. Geralmente, estas páginas contêm muito menos elementos e links do que a homepage de um site normal justamente para que o visitante seja direcionado a apenas uma ação: a conversão! Confira aqui algumas dicas para criar uma landing page eficaz e obter sucesso nos resultados.

LTV

LTV é a abreviação de Lifetime Value, que significa o lucro líquido que um cliente contribui para a uma empresa ao longo de sua vida, ou seja, durante todo o período em que for cliente. Essa métrica é essencial para orientar as definições de metas e orçamentos, além de guiar as estratégias dos profissionais de marketing. Quer saber como calculá-la? Conheça algumas formas aqui.

ROI

A equipe de marketing elabora diversas ações e planeja uma estratégia que promete muito sucesso, mas como medir os resultados? É aí que entra o ROI, uma sigla que significa Return Over Investment, ou Retorno Sobre Investimento, em português. Esta é uma das principais métricas para qualquer negócio, pois demonstra quanto a empresa ganhou com seus investimentos, ajudando a identificar quais deles foram mais (ou menos) eficazes e orientando a tomada de decisão. Para calculá-lo, basta subtrair os custos da receita total, e dividir esse resultado pelos custos.

Siglas do marketing digital - Return Over Investment (ROI)

SEO

Quer o site da sua empresa na primeira página do Google? Então você precisa conhecer muito bem o Search Engine Optimization ou Otimização para Mecanismos de Busca. SEO significa o conjunto de técnicas para otimização para sites, blogs e páginas na web, utilizadas com o objetivo de garantir melhores posições, destaque e visibilidade de forma orgânica nos buscadores. Acesse aqui nosso artigo com dicas de SEO para aplicar em seu blog e coloque-as em prática agora mesmo!

SEM

Search Engine Marketing ou Marketing para Mecanismos de Busca são estratégias de marketing que usam mecanismos de busca (Google e Yahoo, por exemplo) como base. SEM pode ser dividido em duas partes: o SEO que, como comentamos acima, visa rankear uma página organicamente; e os links patrocinados, ou seja, anúncios pagos. O SEM envolve estudos de palavras-chave, análise de segmentação do público, entre outras técnicas também utilizadas no SEO. 

E aí, curtiu?

Esperamos que este artigo tenha tirado algumas dúvidas sobre as siglas de marketing digital e ajudado você a ficar ainda mais por dentro deste universo. Mas não é só isso: o mercado digital se atualiza a todo o momento e, da mesma forma, é importante que você o acompanhe e mantenha-se sempre antenado. Para isso, inscreva-se na nossa Newsletter e continue conferindo nossos conteúdos de marketing digital e design gráfico.

Até a próxima!